Artigos

O exemplo que vem de Minas

Ano após ano, mais de 40 sindicatos de Minas Gerais, reunidos em três federações, colocam suas diferentes concepções políticas de lado para organizarem uma só campanha salarial


POR João Alves

Publicado em 22 de março de 2018

João Alves, em 2017, durante a campanha salarial: a unidade metalúrgica em primeiro lugar

Foto de André Cintra

Há mais de 20 anos, os metalúrgicos e as metalúrgicas de Minas Gerais dão um exemplo de unidade, diálogo e luta por mais direitos para a classe trabalhadora. Observando-se a realidade da categoria por todo o país, esse é um fenômeno que não ocorre em nenhum outro estado.

Ano após ano, mais de 40 sindicatos de Minas Gerais, reunidos em três federações, colocam suas diferentes concepções políticas de lado para organizarem uma só campanha salarial, seja em cenários de crise ou de pujança da economia. São incontáveis as manifestações que já foram em diversas regiões do estado, seja para garantir direitos assegurados em Convenção Coletiva, seja para obter novos avanços, seja ainda para impedir retrocessos, como na atual conjuntura que vivemos.

Tenho bastante orgulho em dizer que o Sindicato dos Metalúrgicos de Betim tem sido, ao longo dessas duas décadas, um grande elo entre as diferentes forças políticas de nosso estado. Dessa forma, as federações ligadas à CTB, CUT e Força Sindical seguem negociando de forma unitária com as entidades patronais mineiras.

Esse processo de luta e discussão em torno de uma só pauta é contínuo e procurou sempre balizar os direitos dos metalúrgicos de todo o estado. É difícil de acreditar, mas em pleno ano de 2018 ainda existem convenções coletivas de metalúrgicos não organizados em nenhuma entidade sindical.

Com a reforma trabalhista e todo o ataque contra o movimento sindical, essa unidade precisará ser reforçada ainda mais daqui por diante. Todo e qualquer retrocesso será combatido com empenho por nossa categoria. Vamos à luta!

 

Fonte: revista “Indústria, Desenvolvimento e Trabalho”, lançada pela FITMETAL em março de 2018, durante o Fórum Social Mundial


João Alves

Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Betim.