Editorial

Prisão de Temer é cortina de fumaça em benefício da Reforma da Previdência


POR Redação FITMETAL

Publicado em 21 de março de 2019


A espetaculosa prisão preventiva do ex-presidente Michel Temer, nesta quinta-feira (21), é um ato que deve ser visto com muita cautela pela sociedade brasileira. Para a FITMETAL, é importante que todos os políticos envolvidos em falcatruas respondam por seus atos, mas a presente conjuntura exige que façamos uma análise mais ampla a respeito desse acontecimento, já que outros temas de grande relevância para a sociedade (como a Reforma da Previdência) estão na ordem do dia.

Trata-se de mais uma ação da Operação Lava Jato, desta vez fruto de um mandado expedido no Rio de Janeiro. Temer sempre será lembrado pelo povo como um golpista, mas tal qual todo e qualquer brasileiro ele só poderia ser preso após algum tipo de condenação judicial.

Causa estranheza, sobretudo, o momento no qual a ordem de prisão foi expedida. Nesta semana ficou em evidência a dificuldade que o governo federal vem apresentando (tanto no Congresso Nacional quanto perante a sociedade) para avançar com sua Reforma da Previdência. Além disso, mais uma vez ficou evidente, durante a visita de Bolsonaro aos Estados Unidos há poucos dias, as debilidades e limitações do atual governo.

Encarcerar Temer no meio da rua, perante diversas câmeras de TV, certamente contribuirá para que a impopular discussão sobre a Previdência e outras decisões que afetam diretamente a classe trabalhadora sofram menos ataques pelos próximos dias.

Caberá aos movimentos sociais (e ao sindicalismo, em particular) atuar para garantir que os retrocessos da Reforma da Previdência não deixem a pauta de prioridades do país. Nesse sentido, os atos organizados em todo o Brasil neste 22 de março (Dia Nacional em Defesa da Previdência) ganham ainda mais relevância. Para a FITMETAL, somente com muita luta é que será possível garantir uma aposentadoria digna para todos/as.

Reforma da Previdência: se botar pra votar, o Brasil vai parar.
Rumo à greve geral!

São Paulo, 21 de março de 2019
Direção Executiva da FITMETAL


Últimas Inclusões