Notícias

Caxias do Sul: Ameaça aos direitos trabalhistas foi tema de palestra do Sindicato dos Metalúrgicos

Com o tema “O que você precisa saber sobre a reforma trabalhista e os impactos na vida do trabalhador”, o Sindicato dos Metalúrgicos de Caxias do Sul promoveu palestra em sua Sede Campestre.


POR Redação

Publicado em 20 de março de 2017

Foto de Divulgação

O evento aconteceu no domingo, 19, no Salão de Festas da Sede Campestre do Sindicato dos Metalúrgicos de Caxias do Sul e reuniu cerca de 100 sócios e diretores. Com o tema “O que você precisa saber sobre a reforma trabalhista e os impactos na vida do trabalhador”, o deputado federal Assis Melo, integrante da Comissão Especial da Reforma Trabalhista no Congresso e dirigente da Fitmetal, e a Secretária Nacional da Mulher Trabalhadora da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Ivania Pereira alertaram os trabalhadores sobre a grave ameaça sobre os direitos trabalhistas.

Ivania iniciou sua participação enfatizando a importância das mobilizações diante da iminência da votação esta semana do projeto das terceirizações. “Não existe outra saída. Precisamos reagir, ir as ruas organizados para impedir esse retrocesso. O programa de governo eleito pelo povo não contemplava estas reformas (trabalhista e da Previdência). A CLT é a domesticação do trabalho selvagem, que visa o lucro máximo. A legislação trabalhista nasceu por causa da ganância, para regular as relações entre o capital e o trabalho. Essas reformas retiram nossos direitos conquistados. Nossa atitude diante dessas ameaças precisa ser drástica”, enfatizou ela.

A possível votação no Congresso do projeto da terceirização foi destacada por Assis no seu pronunciamento. “O capitalismo vive de crise porque no pleno emprego os trabalhadores tem mais poder de negociação. Essas reformas são para beneficiar o sistema. A terceirização, esse projeto que está para ser votado esta semana é de Fernando Henrique, de 1998. Precisamos reagir. Precisamos entender o nosso papel na sociedade ou não vamos avançar. É fundamental desenvolver a consciência da importância da nossa força de trabalho para defender o Brasil e os nossos direitos”.

Ao final do evento, que também integra a agenda do mês da mulher, houve sorteio de brindes.

Fonte: Sindicato dos Metalúrgicos de Caxias do Sul