Notícias

Carlos Barbosa: Sindicato convoca metalúrgicos para assembleia que debaterá a Campanha Salarial

Outra questão importante a ser tratada na assembleia é a resistência ao ataque aos direitos dos trabalhadores promovidos pelo governo Temer.


POR Redação

Publicado em 17 de julho de 2017

Foto de Divulgação

O Sindicato dos Metalúrgicos de Carlos Barbosa, filiado à Fitmetal, convoca a categoria para assembleia no dia 22 de julho, sábado, a partir das 9h na sede da entidade (Rua Rio Branco, 359). Na ocasião, será debatida a campanha salarial 2017 e demais encaminhamentos do Sindicato sobre os direitos dos trabalhadores.

“É extremamente importante que os metalúrgicos e metalúrgicas de Carlos Barbosa participem da assembleia, quando vamos tratar do dissídio deste ano. Temos acompanhado a situação local e sabemos que mesmo num contexto de crise, as principais empresas sediadas na cidade têm conseguido manter sua produção e seus lucros. Portanto, é possível buscarmos um reajuste que garanta aumento real e reponha as perdas do último período. Afinal, é a categoria metalúrgica a principal responsável por estes resultados e merece reconhecimento”, explica Todson Andrade, presidente do Sindicato.

Ele lembra ainda que o próprio desenvolvimento da cidade — que pelo quinto ano consecutivo ficou na primeira posição no Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese) — é resultado direto do empenho dos trabalhadores em geral e, em especial, dos metalúrgicos, que contribuem para movimentar o comércio, os serviços e a economia local e aumentar a arrecadação de impostos, elementos que permitem ao município investir em serviços públicos como saúde, educação e infraestrutura.

Outra questão importante a ser tratada na assembleia é a resistência ao ataque aos direitos dos trabalhadores promovidos pelo governo Temer, cujo capítulo mais recente foi a sanção da reforma trabalhista. “Precisamos continuar mobilizados lutando para reverter essa situação e barrar outras perdas, como as que estão contidas na reforma da Previdência. Somente a união, mobilização e pressão da categoria e de todos os trabalhadores poderão mudar essa situação de perdas constantes e garantir mais direitos, igualdade, qualidade de vida para o nosso povo e desenvolvimento para o nosso país”.

Fonte: Sindicato dos Metalúrgicos de Carlos Barbosa


Últimas Inclusões