Notícias

Betim: Metalúrgicos convocam assembleia da Campanha Salarial Unificada

Metalúrgicos reforçam mobilização para garantir avanços na Campanha Salarial Unificada em Minas Gerais com assembleia no próximo domingo (24).


POR Redação

Publicado em 22 de setembro de 2017

Foto de Reprodução

Está marcada para o próximo domingo (24), às 9 horas, no Clube dos Metalúrgicos, em Betim (Rua Cuiabá, 190, bairro Niterói), a primeira assembleia da Campanha Salarial Unificada deste ano. O objetivo é intensificar a mobilização da base do Sindicato dos Metalúrgicos de Betim, filiado à Fitmetal, em torno da defesa das reivindicações da categoria.

Na reunião de negociação com os patrões realizada no último dia 15, na sede da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), em Belo Horizonte, do conjunto de 97 itens constantes da pauta de reivindicações, as três federações representativas dos trabalhadores e a patronal chegaram a um consenso com relação a cerca de 70 cláusulas da Convenção Coletiva.

“Já demos um posicionamento a mais de 70 cláusulas da Convenção e cobramos da Fiemg uma resposta aos demais itens que não constavam na contraproposta que nos fizeram. Isso porque não houve, por parte dos patrões, resposta a reivindicações como a redução da jornada de trabalho e vale-alimentação, por exemplo”, disse o secretário-geral do Sindicato e dirigente da Fitmetal, Alex Custódio.

Para o presidente da Fitmetal, Marcelino da Rocha, as federações dos trabalhadores também se posicionaram contrárias a algumas cláusulas que os patrões querem incluir em uma futura Convenção Coletiva, que tratam da reforma trabalhista, aprovada recentemente pelo governo golpista de Temer, que passará a vigorar em novembro.

"Esperamos que na próxima reunião, no dia 21 de setembro, os patrões possam nos dar um retorno mais progressista e mais avançado, que não signifique um ataque a nossos direitos e conquistas”, comentou Marcelino.

Ainda em setembro, estão previstas negociações nos dias 21 e 28. Neste intervalo, será realizada no próximo domingo (24) uma assembleia de mobilização dos trabalhadores, que devem acompanhar passo a passo o desenrolar das negociações.

Principais reivindicações da Campanha Salarial

- Renovação de todas as cláusulas da atual Convenção Coletiva de Trabalho (CCT);
- Reajuste salarial baseado no índice do INPC acumulado de outubro de 2016 à 30 de setembro de 2017, mais 3% de aumento real;
- Piso salarial com valor atualizado:
. R$ 1.177,66 para trabalhadores de empresas com até 400 empregados;
. R$ 1.259,28 para trabalhadores de empresas com 401 até 1.000 empregados; . R$ 1.557,78 para trabalhadores de empresas com mais de 1.000 empregados.
- Abono de um salário nominal, a ser pago juntamente com os salários de fevereiro de 2018; Redução da jornada para 40 horas semanais;
- Pagamento de horas extras, sendo:
. Acréscimo de 65% com relação à hora normal;
. Acréscimo de 75% com relação à hora trabalhada aos sábados;
. Acréscimo de 85% acima do limite de 40h mensais.
- Realização de homologação no sindicato;
- Exigência de autorização prévia do médico responsável pelo pré-natal da trabalhadora gestante, para que possa trabalhar em condições insalubres ou perigosas.

Fonte: Sindicato dos Metalúrgicos de Betim