Notícias

77,5% dos jovens rejeitam reforma da Previdência, aponta pesquisa

A maior rejeição é entre os mais jovens, que serão os maiores prejudicados com a proposta de reforma de Temer. Segundo o levantamento, entre os jovens de 16 a 24 anos, 77,5% são contra a reforma e apenas 17,3% são favoráveis.


POR Redação

Publicado em 10 de janeiro de 2018

Foto de Adital

Pesquisa feita pelo Instituto Paraná com 2,5 mil brasileiros em 176 municípios, nas 27 unidades da federação, entre os dias 9 e 11 de dezembro do ano passado, apontou que 66% dos brasileiros são contrários a reforma da Previdência proposta por Michel Temer.

A pesquisa, encomendada pelo jornal Gazeta do Povo, ainda reforça que 62% da população considera a reforma desnecessária, contra 28,9% que afirmam ser preciso mudar o sistema atual.

A maior rejeição é entre os mais jovens, que serão os maiores prejudicados com a proposta de reforma de Temer. Segundo o levantamento, entre os jovens de 16 a 24 anos, 77,5% são contra a reforma e apenas 17,3% são favoráveis.

Entre os que consideram que uma mudança do modelo atual é necessário, apenas 28% dos brasileiros se mostram favoráveis, enquanto outros 6% não responderam ou não quiseram se posicionar sobre o tema.

Quando questionados se acham necessário reformar a Previdência, apenas 33,3% dos entrevistados responderam que "sim", enquanto outros 5,3% não souberam ou não quiseram responder a pergunta.

Do Portal Vermelho, com informações de agências


Últimas Inclusões