Notícias

Rio de Janeiro: Sindicato ganha na justiça ação contra o Eisa para o pagamento de verbas rescisórias

Mais de 2 mil trabalhadores foram demitidos em dezembro de 2015 sem receber as verbas rescisórias.


POR Sindicato dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro

Publicado em 06 de fevereiro de 2018

Foto de Reprodução

Em primeira instância, a justiça deu ganho à ação do Sindicato dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro, filiado à FITMETAL, que pede o pagamento das verbas rescisórias devidas aos ex-funcionários do Eisa que foram demitidos sem justa causa, a maioria em 11/12/2015. A decisão ainda será julgada em segunda instância. Processo nº 0100690-09.2016.5.01.0039.

Mais de 2 mil trabalhadores foram demitidos em dezembro de 2015 sem receber as verbas rescisórias.

Além das verbas rescisórias, a justiça deu favorável o pedido do Sindicato sobre os depósitos do FGTS, 40% de multa (indenização), auxílio alimentação proporcional no mês da dispensa, pagamento de férias vencidas, 13º salário proporcional e multas, entre outros pontos.

Sobre a recuperação judicial

A KPMG informou que ainda neste mês deve se reunir com o Eisa para tratar do processo de recuperação judicial para resolver a situação dos trabalhadores.

Trabalhadores demitidos a partir de 2016 e 2017

Os trabalhadores do Eisa demitidos em 2016 ou 2017 devem entrar em contato com o Sindicato e agendar o atendimento no departamento jurídico para receber orientações sobre o processo judicial.