Notícias

Fitmetal participa de audiência com o Ministério Público do Trabalho em MG


POR Fernando Damasceno

Publicado em 24 de agosto de 2018


O presidente da Fitmetal, Marcelino da Rocha, participou na última quarta-feira (22) de audiência no Ministério Público do Trabalho (MPT), em Minas Gerais, para discutir a manutenção financeira das entidades sindicais após o advento da Reforma Trabalhista.

Além do dirigente da Fitmetal, também participaram sindicalistas da FEM-CUT e da Femetal/FS.

Na avaliação de Marcelino da Rocha, houve um bom debate a respeito da necessidade de revisão ou de ajustes em um novo Termo de Ajuste de Conduta (TAC), considerando a realidade imposta após a Reforma Trabalhista.

Os representantes das três entidades sindicais têm 30 dias para apresentar por escrito uma proposta que defenda os interesses da classe trabalhadora. Segundo o presidente da Fitmetal, é importante que o MPT traga o empresariado para o debate. "Precisamos definir com clareza os critérios para o custeio das entidades sindicais. Nossa representatividade deve ser respeitada a partir das assembleias realizadas junto às nossa categorias. O patronal não pode dialogar conosco somente quando o debate for relevante para suas empresas", ponderou.   


Últimas Inclusões