Opinião

Apoiar a Greve Geral, defender a aposentadoria e garantir empregos


POR Marcelino da Rocha

Publicado em 06 de junho de 2019


A agenda dos metalúrgicos de Betim, Igarapé e São Joaquim de Bicas será reforçada, nos próximos dias, com duas importantes batalhas. Primeiro, em 14 de junho, Minas Gerais e o Brasil vão viver a maior paralisação de trabalhadores já vista.

A Greve Geral, convocada pelas centrais sindicais – como a CTB –, será uma contundente manifestação do povo brasileiro em defesa da aposentadoria e contra a reforma da Previdência. O combate ao desemprego e aos cortes na educação também está na ordem do dia. Por isso, em todo o País, trabalhadores dos mais diversos setores devem cruzar os braços.

Em Minas, as grandes manifestações de 15 e 30 de maio já comprovaram o repúdio da população mineira aos retrocessos que Bolsonaro e seus ministros tentam impor ao Brasil, sobretudo na Educação e na Previdência Social. Só em Belo Horizonte, os dois atos, somados, levaram meio milhão de estudantes, professores e trabalhadores às ruas.

A segunda grande batalha será a campanha salarial da categoria. Desde a década de 1990, os metalúrgicos de Minas Gerais, com unidade e muito diálogo, organizam uma campanha unificada em todos o estado, envolvendo40 sindicatos e três federações.

Nossa data-base é em 1º de outubro, mas a pauta dos trabalhadores começa a ser debatida desde já. Vale lembrar que esta será a primeira vez que a campanha ocorre sob o governo Bolsonaro – inimigo número 1 do movimento sindical e da classe trabalhadora. É preciso fortalecer a unidade metalúrgica para garantir mais empregos, reajustes salariais e direitos.

Estas e outras lutas terão a firme, combativa e eficiente direção do Sindicato dos Metalúrgicos de Betim e Região, com o apoio da FITMETAL (Federação Interestadual de Metalúrgicos e Metalúrgicas do Brasil). O Sindicato, do alto de seus 43 anos de atuação em defesa dos trabalhadores, é um exemplo em todo o Brasil e, mais uma vez, terá papel central na conscientização e na mobilização dos metalúrgicos de Minas Gerais.


Marcelino da Rocha

Marcelino da Rocha é presidente da FITMETAL e dirigente nacional da CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil). Foi presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Betim e Região (MG) por quatro mandatos


Últimas Inclusões